Selecione o mês: Julho / 2016

  1. Relevo da Água Boa é o novo touro da bateria da Alta
    Fonte:Alta Genetics

    Animal harmônico se destaca por ter avaliação genética consistente 

    A Alta tem novo touro na casa: o Relevo da Água Boa - um animal muito bem avaliado pelo PMGZ (Programa de Melhoramento Genético das Raças Zebuínas), TOP 0,1% para o iABCZ (índice ABCZ de qualificação genética), considerado harmônico e reúne fenótipo muito bom, com musculatura evidenciada, precocidade de acabamento e avaliação genética consistente.

    Relevo é filho do famoso Bitelo DS e da Oleina da Água Boa, filha de Galileu. “Trata-se de um touro que vem de um criatório tradicional no Brasil: a Fazenda Água Boa de Jussara em Goiás que produz muitos touros de Central”, destaca Fernanda Borges, Técnica de Corte da Alta.

    Segundo a técnica, o novo touro atende diferentes perfis de pecuaristas, por exemplo, os que fazem ciclos completos, ou vendem o bezerro ao desmame, que buscam fazer matrizes para reposição de sêmen e também para quem vende touros para repasse.

    Essa é a primeira parceria da Alta com a Fazenda. “Estamos felizes com essa união de sucesso que já abriu novas portas para nossa companhia que está contratando outros touros. Além disso, para o mercado o Relevo é um touro completo que será muito usado”, finaliza.

    Sobre a Alta Genetics

    A Alta Genetics é líder no mercado de melhoramento genético bovino do mundo. Com matriz localizada em Calgary, no Canadá, atua em mais de 90 países com nove centrais de coleta: Brasil, Estados Unidos, Canadá, Argentina, Holanda e China. Com 20 anos de história no Brasil, a empresa está sediada na cidade de Uberaba/MG, e tem como missão orientar pecuaristas sobre a melhor maneira de usar a genética aliada ao manejo, nutrição, ambiente, gestão e todos os processos para garantir um animal com todo o seu potencial genético. O compromisso da Alta é criar valor, entregar o melhor resultado e construir confiança com seus clientes e parceiros, em busca do desenvolvimento da pecuária. Mais informações no website: http://www.altagenetics.com.br

    Data: 21/07/2016
  2. Alta realiza workshop sobre Reprodução Bovina e Melhoramento Genético
    Fonte:Alta Genetics

    Evento acontece nos dias 26, 27 e 28 de julho em Tocantins 

    A Alta promove um workshop sobre Reprodução Bovina e Melhoramento Genético, na próxima semana, no estado de Tocantins. No dia 26 será na cidade de Araguaína, 27 em Paraíso do Tocantins e 28 em Gurupi. O evento, que é gratuito, tem como objetivo capacitar e atualizar os profissionais da área como técnicos e criadores.

    Na programação estão contemplados temas como: plano genético – como aumentar a produtividade, cruzamento industrial – como aumentar a lucratividade, marcadores moleculares, IATF (inseminação artificial em tempo fixo) e casos de produtores regionais.

    O evento é uma realização da Alta e da Zoetis, com apoio da ACIP (Associação Comercial e Industrial de Paraíso do Tocantins) e do Governo de Tocantins (Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária). O próximo workshop será realizado em Goiás.

    Sobre a Alta Genetics

    A Alta Genetics é líder no mercado de melhoramento genético bovino do mundo. Com matriz localizada em Calgary, no Canadá, atua em mais de 90 países com nove centrais de coleta: Brasil, Estados Unidos, Canadá, Argentina, Holanda e China. Com 20 anos de história no Brasil, a empresa está sediada na cidade de Uberaba/MG, e tem como missão orientar pecuaristas sobre a melhor maneira de usar a genética aliada ao manejo, nutrição, ambiente, gestão e todos os processos para garantir um animal com todo o seu potencial genético. O compromisso da Alta é criar valor, entregar o melhor resultado e construir confiança com seus clientes e parceiros, em busca do desenvolvimento da pecuária. Mais informações no website: http://www.altagenetics.com.br

    Data: 21/07/2016
  3. CCAS destaca boas práticas na produção leiteira
    Fonte:Assessoria de Imprensa

    Gestão de qualidade, treinamento de funcionários, armazenamento correto de alimentos são algumas dicas para o produtor

    O Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS) debateu sobre “Boas práticas na produção leiteira” e apresentou aos produtores uma série de cuidados para garantirem uma gestão de qualidade, entre eles: treinamento de funcionários, armazenamento correto dos alimentos, remédios e produtos químicos, sensibilização para uso de EPI (Equipamento de Proteção Individual), controle de dejetos e rastreabilidade dos procedimentos.

    “As técnicas já existem, mas é preciso colocá-las em prática. As boas práticas estão ligadas aos hábitos adotados nas fazendas. Não é fácil mudar aquilo que é feito todos os dias, há anos. Sugerimos que as mudanças sejam feitas gradativamente, mas é necessário adotar essas ações para garantir uma produção de qualidade e rentável”, destaca Roberta Züge, conselheira do CCAS e médica veterinária doutora.

    Roberta ministrou palestra durante o Fórum das Cadeias Produtivas, realizado pelo Sindicato Rural de Cuiabá durante a 52ª Expoagro Inovadora.

    Sobre o CCAS

    O Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS) é uma organização da Sociedade Civil, criada em 15 de abril de 2011, com domicilio, sede e foro no município de São Paulo-SP, com o objetivo precípuo de discutir temas relacionados à sustentabilidade da agricultura e se posicionar, de maneira clara, sobre o assunto.

    O CCAS é uma entidade privada, de natureza associativa, sem fins econômicos, pautando suas ações na imparcialidade, ética e transparência, sempre valorizando o conhecimento científico.

    Os associados do CCAS são profissionais de diferentes formações e áreas de atuação, tanto na área pública quanto privada, que comungam o objetivo comum de pugnar pela sustentabilidade da agricultura brasileira. São profissionais que se destacam por suas atividades técnico-científicas e que se dispõem a apresentar fatos concretos, lastreados em verdades científicas, para comprovar a sustentabilidade das atividades agrícolas.

    A agricultura, apesar da sua importância fundamental para o país e para cada cidadão, tem sua reputação e imagem em construção, alternando percepções positivas e negativas, não condizentes com a realidade. É preciso que professores, pesquisadores e especialistas no tema apresentem e discutam suas teses, estudos e opiniões, para melhor informação da sociedade. É importante que todo o conhecimento acumulado nas Universidades e Instituições de Pesquisa seja colocado à disposição da população, para que a realidade da agricultura, em especial seu caráter de sustentabilidade, transpareça. Mais informações no website: http://agriculturasustentavel.org.br/. Acompanhe também o CCAS no Facebook: http://www.facebook.com/agriculturasustentavel

    Data: 21/07/2016
  4. CP CRV Lagoa 2016 tem a participação de 471 animais de sete raças
    Fonte:CRV Lagoa

    Animais são oriundos de 68 criadores de nove diferentes Estados

    Em maio, foi dada a largada para o maior e mais completo teste de performance do Brasil. Começou a edição 2016 do Centro de Performance CRV Lagoa, em Sertãozinho (SP), com a entrada dos animais participantes da primeira etapa da raça Senepol. São 236 animais participantes, sendo 150 machos e 86 fêmeas, um recorde de participação da raça. Esses animais pertencem a 19 criadores de seis diferentes Estados.

    No dia 10 de maio, foi iniciado o período de adaptação desse primeiro lote da raça Senepol, com utilização do GrowSafe System, que fornecerá informações complementares aos índices de seleção.

    Já em junho, também foram recepcionadas as outras raças participantes: Nelore, Nelore Mocho, Tabapuã, Angus, Devon e Santa Gertrudis. No total, são 471 animais participantes, oriundos de 68 criadores de nove diferentes Estados.

     

    No CP CRV Lagoa são avaliadas as seguintes características: peso, ganho médio diário, perímetro escrotal, qualidade de carcaça (avaliação por ultrassonografia) – AOL (Área de Olho de Lombo), EGS (Espessura de Gordura Subcutânea) e MARM (Marmoreio), avaliação por escores visuais (conformação, precocidade, musculosidade, umbigo e temperamento) e morfologia.

    A segunda etapa da raça Senepol, que será realizada no segundo semestre, deverá ter a participação de mais de 200 animais, que chegarão em breve ao CP CRV Lagoa.

    Sobre a CRV Lagoa

    Instalada em Sertãozinho, região nordeste do Estado de São Paulo, a empresa faz parte desde 1998 da CRV, cooperativa belgo-holandesa de melhoramento genético com 140 anos de história. Com sede na Holanda, a CRV está presente na África do Sul, Alemanha, Bélgica, Brasil, Espanha, Estados Unidos, Luxemburgo, Nova Zelândia e República Tcheca e conta com representantes em mais de 50 países.

    Maior central de genética bovina da América Latina, a CRV Lagoa oferece, desde 1971, sêmen convencional e sexado de touros nacionais e importados, programas de melhoramento genético para rebanhos de corte e leite como o PAINT e o Gestor Leite, além de serviços como o Centro de Performance, Ensino Avançado, Insemina Fácil, entre outros. Mais informações: www.crvlagoa.com.br

    Data: 21/07/2016
  5. Alta lança software para auxiliar na tomada de decisão dos produtores
    Fonte:Alta Genetics

    Software irá gerar dados confiáveis de reprodução

    A Alta apresenta para o mercado o novo software de gerenciamento de reprodução que oferece conhecimento dos índices reprodutivos de fazendas leiteiras com intuito de melhorar a taxa de prenhez, aumentar a produtividade do rebanho e consequentemente a lucratividade da propriedade.

    O sistema é muito simples e rápido, pode ser instalado em qualquer computador, funciona off-line para cadastro das informações reprodutivas e online para analisar e gerar listas, gráficos e relatórios, que são traduzidos em respostas rápidas, oferecendo confiança e precisão na tomada de decisões.

    “Nossa expectativa é atender bem o produtor de leite e ajudar a conhecer os números da propriedade e tomar as melhores decisões para ter mais rentabilidade e lucratividade”, explica Tiago Ferreira, Gerente Técnico de Leite da Alta.

    O lançamento oficial será realizado durante a Agroleite 2016, entre os dias 16 e 20 de agosto, na Cidade do Leite em Castro/PR.

    Sobre a Alta Genetics

    A Alta Genetics é líder no mercado de melhoramento genético bovino do mundo. Com matriz localizada em Calgary, no Canadá, atua em mais de 90 países com nove centrais de coleta: Brasil, Estados Unidos, Canadá, Argentina, Holanda e China. Com 20 anos de história no Brasil, a empresa está sediada na cidade de Uberaba/MG, e tem como missão orientar pecuaristas sobre a melhor maneira de usar a genética aliada ao manejo, nutrição, ambiente, gestão e todos os processos para garantir um animal com todo o seu potencial genético. O compromisso da Alta é criar valor, entregar o melhor resultado e construir confiança com seus clientes e parceiros, em busca do desenvolvimento da pecuária. Mais informações no website: http://www.altagenetics.com.br <http://www.altagenetics.com.br

    Data: 21/07/2016
 
 

Contato

Endereço: Praça Vicentino Rodrigues da Cunha, 110 – Quadra 11 / Lote 4 - Parque Fernando Costa
Bairro São Benedito / Uberaba-MG
Telefone: (34) 3333-1403
E-mail: asbia@asbia.org.br
Momesso Web Studio