Selecione o mês: Fevereiro / 2017

  1. ABCZ e Asbraer querem ampliar Pró-Genética para médios produtores
    Fonte:ABCZ

    Novo convênio será fechado durante a ExpoZebu. Com a medida, mais de 500 mil
    pecuaristas poderão ter acesso a touros melhoradores pelo programa

    A ampliação do Pró-Genética para médios produtores foi um dos temas da
    reunião dos presidentes da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu
    (ABCZ), Arnaldo Manuel Machado Borges, e da Asbraer (Associação Brasileira
    das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural), Argileu
    Martins. O encontro aconteceu hoje (14/02) em Brasília (DF) e serviu para
    definição de estratégias para a dinamização do programa.
    Uma das ações definidas pelas entidades foi a celebração de um convênio
    entre as duas instituições, possibilitando que todas as 27 regionais da
    Emater e os cinco mil escritórios da empresa trabalhem na promoção da venda
    de touros melhoradores junto aos médios produtores. “Nós já somos parceiros
    da ABCZ desde o nascimento do Pró-Genética. O que queremos fazer agora é
    aperfeiçoar o programa. Queremos que os médios produtores sejam incluídos do
    programa. Nós já temos mais de 500 mil produtores nesta situação e,
    certamente, mais da metade deles são pecuaristas”, comentou Argileu Martins,
    ressaltando que a intenção é que os extensionistas possam aliar um projeto
    técnico e a Pronamp – linha de crédito já disponível no mercado para esse
    público – para a dinamização do Pró-Genética.
    A intenção é que o convênio entre as associações seja celebrado durante a
    ExpoZebu, quando a Asbraer promoverá uma reunião técnica com representantes
    de todas as unidades brasileiras.  “Será mais um passo importante da
    história do Pró-Genética na promoção do melhoramento genético do rebanho
    nacional”, comemorou o presidente da ABCZ.
    Também acompanharam a reunião: o diretor da ABCZ, Rivaldo Machado Borges
    Júnior, o diretor da Asbraer, Lúcio Valadão, o presidente da Emater-MG,
    Glênio Martins, o gerente da Unidade Regional da Emater-MG em Uberaba,
    Gustavo Laterza, e o técnico da ABCZ e Superintendente Técnico da ACZP
    (Associação dos Criadores de Zebu do Planalto), Marcelo Ricardo Toledo.
     

    Data: 15/02/2017
  2. Kayak é o grande destaque do primeiro dia de Expoinel
    Fonte:ABS

    Genética disponível na ABS conquista série de prêmios e atrai atenção do público

    O touro Kayak foi o grande destaque do primeiro dia da Expoinel Minas, que acontece em Uberaba (MG). Progênies do reprodutor deram show na pista do Parque Fernando Costa, conquistando uma série de prêmios. Entre eles, o de Campeã Bezerra Jovem.

    ?No campeonato da categoria, ele também fez a reservada campeã, além do terceiro, quarto, quinto e sexto prêmio?, comemora o técnico da ABS, Arthur Vieira, informando que Kayak TE Mafra também foi o campeão da categoria Progênie Jovem de Pai. ?E esse foi só o primeiro dia de julgamentos?, completa.

    Gustavo Morales, Gerente de Produto Corte Zebu, conta que Kayak é filho do Basco em Matriz Heliaco da Java e reúne muita beleza racial. ?O touro já foi bicampeão nacional em 2014  (ExpoZebu e Expoinel), além de conquistar prêmios por outras pistas do país, como Avaré. Seus filhos agora repetem seu sucesso, comprovando assim porque o reprodutor é tido como uma excelente opção para o melhoramento genético da atualidade?, ressalta.

    Ao todo, participam da Expoinel cerca de 800 animais, sendo 105 deles filhos de touros com sêmen disponível na ABS Pecplan. Além das progênies de Kayak, entram na pista animais com genética de Jhelum, Fadel, Haresh, Kongo e Landau da Di Gênio. E eles também já conquistaram prêmios. Por exemplo, no Campeonato Progênie Jovem de Mãe, o primeiro prêmio foi da vaca Londrina, filha de Haresh.

    O público que passa por Uberaba pode visitar a Central da ABS e conhecer de perto esses e outros touros de sucesso da bateria da empresa. ?Estamos prontos para receber os criadores, que poderão passear pela unidade, sem agendamento, dentro de vans confortáveis. Nossa equipe técnica irá acompanhar a visita, oferecendo todo o suporte necessário?, ressalta o gerente.

    A Expoinel Minas começou no dia 13 e segue até o dia 19 de fevereiro. A equipe da ABS também está disponível para atendimento no estande da empresa no Parque Fernando Costa.

    Data: 15/02/2017
  3. Bastões marcadores e indutor de ovulação aumentam a prenhez de IATF em vacas de corte
    Fonte:Embrapa Pantanal

    Tinta colorida é aplicada nas vacas e vai indicar a intensidade do cio

    A Embrapa Pantanal acaba de concluir uma pesquisa sobre o uso de bastões marcadores para auxiliar na detecção do cio e melhorar a prenhez de IATF (Inseminação Artificial por Tempo Fixo) em vacas de rebanho de corte no Pantanal e Cerrado. O bastão marcador é uma técnica que constitui da aplicação de tinta colorida na região sacro-caudal das vacas logo depois da retirada de implantes utilizados na inseminação. 

    A intensidade da monta avaliada pela retirada da tinta vai indicar se a vaca tem alta expressão de cio, média expressão de cio ou se está sem cio. Apesar da IATF não necessitar de detecção de cio, o estudo em questão foi realizado e validado após outros trabalhos demonstrarem que vacas que expressam cio antes do momento da IATF têm maiores taxas de prenhez, o que é de grande interesse para o produtor.

    De acordo com o pesquisador Eriklis Nogueira, da Embrapa Pantanal (Corumbá-MS), a marcação com a tinta será modificada após tentativas de monta por rufiões ou das próprias vacas nos lotes de IATF, que apresentam comportamento homossexual e montam umas às outras. Esse contato elimina ou atenua a intensidade da tinta. Assim, se a marcação permanecer forte, significa que a vaca está sem cio; se desaparecer, indica que o animal tem alta expressão de cio; se houver pouca remoção da tinta, a vaca apresenta média expressão de cio.

    A pesquisa envolveu 3.830 vacas Nelore, todas entre 30 e 50 dias pós-parto, das fazendas São Bento, Bom Jardim, Morrinho, Ventania e Bocaiúva, localizadas no Mato Grosso do Sul, em áreas do Pantanal e do Cerrado. Foi verificada uma diferença de 20% a mais de prenhez em vacas com alta expressão de cio em relação àquelas que não apresentaram cio.

    O estudo foi além da viabilidade do uso dos bastões marcadores em gado de corte – Eriklis diz que a técnica é bastante utilizada em vacas leiteiras. Após detectar o nível de cio, a pesquisa avançou na sugestão de tratamento para aumentar a taxa de prenhez entre os animais de menor expressão de cio, com a aplicação de indutores de ovulação.  

    DESAFIO

    A partir desses resultados, os pesquisadores precisavam encontrar uma solução para aumentar a taxa de prenhez entre os dois últimos grupos. Eriklis explica que eles resolveram testar a hipótese de aplicar o hormônio liberador de gonadotrofina (indutor de ovulação) apenas nessas vacas. Essa fase do experimento foi desenvolvida em 1.750 vacas das fazendas Bom Jardim, Panorama, Ventania e Riviera, localizadas também em áreas de Cerrado e Pantanal.

    Esses animais passaram pelas fases de protocolos semelhantes ao experimento anterior. A maioria deles, 966 (ou 55,2%), se enquadrou no escore de alta expressão de cio e não precisou de tratamento adicional na IATF. Já nos animais que não apresentaram ou apresentaram pouco cio, a aplicação adicional de hormônio melhorou significativamente as taxas de prenhez de IATF. 

    Uma das vantagens do uso de bastões marcadores é justamente o custo-benefício: aumenta-se a taxa de prenhez com menor carga de trabalho e economia. "A observação de cio no campo é um procedimento muito trabalhoso. O bastão marcador é um auxiliar muito interessante", explicou o pesquisador. Outra técnica que está sendo testada agora em janeiro é o uso de drones para filmar as montas e observar as manifestações de cio.

    A pesquisa foi realizada por Eriklis Nogueira, Juliana Correa Borges Silva (Embrapa Pantanal), Walvonvitis Baes Rodrigues (bolsista da Embrapa Pantanal), Márcio Ribeiro Silva (Melhore Animal Consultoria), Ailson Silva (Genesis Reprodução Animal), Jean Jara (Uniderp), além de Alexandre Oliveira Bezerra, Karine Casanova da Silva e Nathalia Albanese Anache (alunos de mestrado da UFMS – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Em breve a Embrapa Pantanal estará divulgando a publicação técnica do grupo com todos os resultados do experimento e orientações para o uso da técnica.

    Embrapa Pantanal 

    Data: 15/02/2017
  4. Com raça em ascensão, novo presidente da Girolando toma posse nesta sexta
    Fonte:Associação Brasileira dos Criadores de Girolando

    A nova diretoria da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, que liderada pelo pecuarista Luiz Carlos Rodrigues, tomará posse nesta sexta-feira, 10 de fevereiro, em Uberaba/MG. A solenidade contará com a presença de lideranças do setor, criadores e autoridades políticas de vários Estados e ocorrerá a partir das 20h, no Tatersal Rubico Carvalho. Também tomarão posse os Conselhos Fiscal, Consultivo e os Representantes Estaduais.

    Entre as prioridades da nova diretoria estão o apoio aos Núcleos Regionais e Microrregionais de criadores de Girolando para que desenvolvam ações de fomento em seus Estados, a consolidação e expansão do projeto de internacionalização da raça na América do Sul e Central e a ampliação do Programa de Melhoramento Genético da Raça Girolando (PMGG).

    Outra prioridade será a defesa dos direitos do produtor junto a todas as esferas governamentais. “É preciso urgentemente limitar a importação de leite, pois isso vem prejudicando a produção nacional e o preço recebido pelo produtor. Também é necessário reduzir a carga tributária dos produtos lácteos, fazendo com que essa redução de custos seja repassada pelas indústrias ao produtor, assim como fomentar a implantação de novas indústrias do setor nos municípios.”, diz Rodrigues, que presidirá a entidade durante o triênio 2017/2019. A raça Girolando é responsável por 80% do leite produzido no Brasil.

    Eleito em outubro de 2016, Luiz Carlos Rodrigues sucederá o pecuarista Jônadan Ma no comando da Girolando, entidade que hoje conta com escritórios em várias regiões do Brasil e tem quase 4 mil associados. Segundo Jônadan Ma, que presidiu a entidade entre 2014 e 2016, a missão e o propósito da sua gestão foi projetar a raça em um lugar de destaque no agronegócio brasileiro. “Durante esses três anos, temos a certeza de que trabalhamos e nos dedicamos por uma Girolando mais forte, presente e participativa. Temos a certeza de encerrar esse ciclo olhando à frente, para um horizonte que nos enche de esperança, onde o produtor de leite, criador de Girolando, tem mais oportunidades dentro do seu negócio, além de seus produtos mais valorizados.”, diz Ma.

    Perfil- Agropecuarista na região do Triângulo Mineiro, o novo presidente Luiz Carlos Rodrigues seleciona a raça Girolando desde 2009, na Fazenda Nova Terra, em Uberaba/MG, e também cria gado de corte. Na agricultura, trabalha com cana de açúcar, soja e milho em Uberaba e em Conquista/MG. Na diretoria anterior da Girolando exerceu o cargo de diretor Financeiro. Preside a Associação dos Empresários Canavieiros do Vale do Rio Grande (CanaVale), o Núcleo dos Empresários Canavieiros do Estado de Minas Gerais, além de ser diretor da Cooperativa do Triângulo e Alta Paranaíba (Cotrial) e do Instituto Boa Fé, de apoio ao combate ao câncer.

    Data: 09/02/2017
  5. Alta Genetics recebe Blairo Maggi em sua Central na próxima segunda-feira
    Fonte:Alta Genetics

    O Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, estará presente na próxima segunda-feira, dia 13 de fevereiro, em Uberaba/MG, para compromissos oficiais, como a “I Conferência Internacional CPLP - Desenvolvimento Econômico e Erradicação da Pobreza por Meio da Agricultura”.

     

    Após a Conferência, Maggi fará uma visita na Central da Alta Genetics, escolhida para o encontro pelo Ministro por se destacar como a maior central de inseminação da América Latina e uma das mais modernas no País, sendo referência em tecnologia e líder no mercado em que atua.

     

    Além de Maggi, também farão parte do encontro Ministros da Agricultura de outros sete países, que têm como idioma oficial o português, além de uma comitiva de representantes de Bangladesh.

     

    “Estamos honrados em receber o ministro Blairo Maggi em nossa Central. Ele é um dos maiores empresários do Brasil, referência na vida pública e privada, e tem lutado por melhorias no agro, principalmente em relação à tecnologia. Nosso setor precisa de tecnologia, ciência e inovação para continuar em desenvolvimento e atender a demanda de alimento mundial em que o nosso país será o principal provedor. Além disso, tem realizado um excelente trabalho de divulgação da nossa agricultura e pecuária no cenário internacional”, declara Heverardo Carvalho, Diretor da Alta. 

     

    Agenda

    9h15 às 11h00 – Abertura Oficial da I Conferência Internacional CPLP - Desenvolvimento Econômico e Erradicação da Pobreza por Meio da Agricultura

    11h00 – Coletiva de Imprensa

    11h15 – Reunião com os Ministros da Agricultura dos Países de Língua Portuguesa

    Local: FIEMG – sala reservada

    11h40 – Deslocamento com destino para a Alta Genetics

    12h00 – Almoço na Alta Genetics

    14h30 – Deslocamento com destino ao Sindicato Rural de Uberaba

    15h00 – Encontro com Sindicatos, Produtores e Empresários da Cadeia do Leite

    Sobre a Alta Genetics

    A Alta Genetics é líder no mercado de melhoramento genético bovino do mundo. Com matriz localizada em Calgary, no Canadá, atua em mais de 90 países com nove centrais de coleta: Brasil, Estados Unidos, Canadá, Argentina, Holanda e China. Com 20 anos de história no Brasil, a empresa está sediada na cidade de Uberaba/MG, e tem como missão orientar pecuaristas sobre a melhor maneira de usar a genética aliada ao manejo, nutrição, ambiente, gestão e todos os processos para garantir um animal com todo o seu potencial genético. O compromisso da Alta é criar valor, entregar o melhor resultado e construir confiança com seus clientes e parceiros, em busca do desenvolvimento da pecuária. Mais informações no website: http://www.altagenetics.com.br

    Data: 09/02/2017
 
 

Contato

Endereço: Praça Vicentino Rodrigues da Cunha, 110 – Quadra 11 / Lote 4 - Parque Fernando Costa
Bairro São Benedito / Uberaba-MG
Telefone: (34) 3333-1403
E-mail: asbia@asbia.org.br
Momesso Web Studio