Selecione o mês: Fevereiro / 2018

  1. CRV Lagoa investe R$ 1,5 milhão na construção da nova sede de seu Centro de Performance
    Fonte:Assessoria de Imprensa

    Obras estão sendo realizadas na sede da empresa, em Sertãozinho (SP)

    A partir de 2018, as avaliações do Centro de Performance CRV Lagoa serão feitas em casa nova. Com investimento de R$ 1,5 milhão, a Central iniciou a construção de uma nova estrutura para o centro de performance em sua própria sede, localizada em Sertãozinho (SP).

    As obras começaram no dia 8 de janeiro com o trabalho de terraplanagem e serão concluídas brevemente. “Trata-se de um moderno confinamento, totalmente planejado para atender as necessidades do CP, com foco no bem-estar animal e conforto, com maior área por cabeça e um sistema de drenagem, possibilitando trabalhar durante o ano inteiro, sem interrupções, com capacidade para 850 animais”, explica Cesar Franzon, gerente de Inovação e Rebanho da CRV Lagoa.

    Dentre as características da nova sede do CP CRV Lagoa, toda a extensão da linha de cocho será coberta, onde também estarão os cochos Intergado, utilizados na avaliação da eficiência alimentar dos animais participantes da prova. Anexo ao confinamento, existirá um curral de manejo, projetado especialmente para atender às necessidades do Centro de Performance.

    “Toda a área de armazenamento e formulação da dieta foi reestruturada, incluindo a aquisição de novas máquinas e equipamentos para atender com ainda mais excelência os animais avaliados”, completa Franzon.

    Considerado o maior e mais completo centro de performance da pecuária brasileira, o CP CRV Lagoa existe há 12 anos e já revelou diversos reprodutores de destaque de várias raças. São avaliadas características como qualidade de carcaça, escores visuais, eficiência alimentar, através do GrowSafe System e Intergado, peso, ganho de peso médio diário, perímetro escrotal e morfologia, entre outras. Na edição 2017, participaram 578 animais, sendo 406 machos e 172 fêmeas, provenientes de 67 criadores de oito Estados e Distrito Federal.

    “Com a construção do novo CP CRV Lagoa, estaremos ainda mais aptos a fazer uma perfeita avaliação de animais de todas as raças como futuros reprodutores. Continuaremos proporcionando as melhores oportunidades aos criadores parceiros através da identificação de jovens talentos”, conclui Franzon.

    Data: 14/02/2018
  2. Raça Senepol estreia no Show Rural Coopavel 2018
    Fonte:Assessoria de Imprensa

    A edição comemorativa dos 30 anos do Show Rural Coopavel, que acontecerá de 5 a 9 de fevereiro, em Cascavel/PR,terá, pela primeira vez, a participação da raça bovina Senepol.  Será o primeiro evento de 2018 chancelado pela Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol (ABCB Senepol). Na área destinada à pecuária, estarão expostos touros, doadoras, novilhas e bezerros do criatório Senepol Luar, de propriedade de Sadi Isper Filho e Guilherme Reich. “O Senepol é uma opção muito interessante e rentável, tanto para quem trabalha com animais puros quanto com cruzamento industrial, pois é capaz de produzir bovinos precoces, rústicos, de bom ganho de peso e de alta qualidade de carcaça. Esta será uma oportunidade para divulgar aos visitantes do Show Rural Coopavel as inúmeras qualidades do Senepol”, destaca o pecuarista Sadi Isper Filho.

    Ao longo dos cinco dias do Show Rural Coopavel 2018, os visitantes poderão conhecer, no espaço do Senepol, como a entidade e os seus associados têm conduzido a seleção e o melhoramento genético do rebanho nacional da raça. Neste ano, o Senepol está completando 18 anos de seleção no Brasil e 100 anos no mundo. Os primeiros exemplares foram importados no ano 2000 dos Estados Unidos e das Ilhas Virgens (Saint Croix). Hoje, o Brasil tem o maior e um dos melhores rebanhos da raça do mundo. Pesquisa inédita realizada pela Scot Consultoria em 20 estados brasileiros comprovou que a indústria frigorífica vem pagando espontaneamente ágio para pecuaristas que trabalham com a raça.“A procura pelo Senepol, tanto no Paraná quanto em todo o Brasil, tem crescido muito nos últimos anos porque se trata de uma raça que garante uma excelente rentabilidade ao negócio”, explica Sadi, que representará a ABCB Senepol no Show Rural Coopavel, cujo público estimado é de 250 mil pessoas e a movimentação financeira, de R$ 1,5 bilhão.

    Agenda de eventos – Além do Show Rural Coopavel, a ABCB Senepol estará presente, no próximo mês, na Exposição de Umuarama/PR, de 8 a 18 de março, e na FEMEC, em Uberlândia/MG, participando do Pró-Genética, entre os dias 20 e 23 de março.

    Sobre a ABCB Senepol

    A ABCB Senepol é a entidade delegada do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) no Brasil para a execução do Serviço de Registro Genealógico da raça Senepol. A associação também conta com o Programa de Melhoramento Genético do Senepol (PMGS), composto por quatro pilares: Registro Genealógico, Provas Zootécnicas, Melhoramento Genético e Genômica. Referência mundial em seleção da raça, reúne cerca de 600 associados em todo o País. Informações: www.senepol.org.br

    Informações para a Imprensa | Grupo Publique
    (11) 9.9382.1999 – assessoria@publique.com – com Priscila Pontes
    (11) 9.7083.7862 – riba@publique.com – com Riba Velasco

    Data: 02/02/2018
  3. Senepol paga ágio ao produtor, diz pesquisa da Scot Consultoria
    Fonte:Assessoria de Imprensa

    Pesquisa inédita realizada pela Scot Consultoria em 20 estados brasileiros comprovou que a indústria frigorífica vem pagando espontaneamente ágio para pecuaristas que trabalham com a raça Senepol. O levantamento ocorreu entre os meses de agosto e outubro de 2017 e envolveu 304 produtores rurais dos segmentos de cria, recria, engorda e ciclo completo. Dos entrevistados que opinaram sobre o pagamento de ágio, 73,2% confirmaram receber a bonificação. Os maiores ágios foram verificados nas vendas de novilhas (média de 23%), boi magro (18%) e bezerro (17,1%). “O resultado comprova que a raça tem boa aceitação no mercado. A indústria está pagando de forma espontânea ágio pelo meio-sangue Senepol, mesmo sem a existência de um programa oficial de bonificação nos frigoríficos.”, destaca o diretor da Scot Consultoria, Alcides Torres.

    Como os confinamentos devem continuar investindo em animais cruzados em 2018, elevando a procura por boi magro, Torres acredita que o Senepol tem condições de atender bem a esse mercado em decorrência dos índices zootécnicos apontados pelos entrevistados como grandes diferenciais da raça. Um exemplo é o maior ganho de peso dos bezerros Senepol. “Os animais meio-sangue Senepol chegam a engordar quase uma arroba por mês durante a fase de cria e, na hora da venda, o produtor obtém uma diferença de peso de mais de uma arroba por animal em comparação a outras raças.”, explica. Segundo a pesquisa, entre as fêmeas Senepol, a média de peso a desmama foi de 229,2 kg contra 207,3 de outras raças. A média de peso a desmama registrada para os machos meio-sangue foi de 244 kg contra a média de 224,3 kg de outras raças.

    A Scot Consultoria ainda detectou uma redução de ciclo de abate nos sistemas que utilizam meio-sangue Senepol. As fêmeas atingem peso de abate quase seis meses antes das de outras raças. Entre os machos meio-sangue Senepol, a idade média ao abate é quase cinco meses menor. “É uma raça jovem, com apenas 17 anos de seleção no Brasil, mas precoce e que vem conseguindo atender as exigências modernas de mercado em relação à sustentabilidade, tanto do ponto de vista econômico quanto ambiental. E isso não é um achismo dos produtores. Com a pesquisa, a raça passa a ter um dado científico importante que norteará com segurança futuras decisões da ABCB Senepol.”, revela o diretor da Scot Consultoria.

    Segundo ele, o resultado será fundamental, por exemplo, para o desenvolvimento de projetos de certificação da carne Senepol junto à indústria frigorífica que sejam capazes de atender tanto nichos específicos, como o de carnes nobres, quanto o mercado em geral. “Nos grandes centros urbanos, a maior parte da população, até mesmo as crianças, almoçam fora de casa, gerando uma demanda maior por carne bovina. O desafio do Senepol será consolidar sua marca nesses dois mercados, trabalhando não apenas os cortes nobres, mas a carcaça como um todo.”, diz Torres.

    De acordo com o presidente da ABCB Senepol, Pedro Crosara Gustin, a pesquisa será utilizada em vários projetos dentro do Programa de Melhoramento Genético do Senepol (PMGS). “Ficou comprovado que o Senepol realmente agrega valor aos produtos de cruzamento. Tanto é que 93,2% dos entrevistados que responderam a pesquisa disseram ter a intenção de continuar utilizando animais Senepol puros ou cruzados em seus sistemas de produção.”, garante Gustin.

    A pesquisa apontou ainda que as raças mais utilizadas em cruzamentos com Senepol foram, respectivamente, Nelore e Angus. O Senepol também tem sido bastante utilizado em Tri-cross, especialmente em cima das bases F-1 Nelore x Angus. Outros indicadores zootécnicos relevantes relatados pelos entrevistados foram precocidade e docilidade.

    Informações para a Imprensa | Grupo Publique
    (11) 9.9382.1999 – assessoria@publique.com – com Priscila Pontes
    (11) 9.7083.7862 – riba@publique.com – com Riba Velasco

    Data: 01/02/2018
  4. Morre Monterey, um dos maiores touros da história da raça holandesa
    Fonte:Assessoria de Imprensa

    Reprodutor teve mais de 100 mil doses de sêmen vendidas no Brasil, liderando ranking de maior número de filhas registradas em vários estados


    A raça holandesa perdeu este mês um dos reprodutores mais famoso da atualidade: 29HO16955 MONTEREY. O touro, que pertence a bateria da ABS, era um dos líderes de venda no Brasil, onde já teve mais de 100 mil doses de sêmen comercializadas e, por dois anos consecutivos (2016 e 2017) foi o líder de registro (com o maior número de filhas registradas) nos estados de Paraná, Minas Gerais e São Paulo."Uma liderança que deve permanecer pelos próximos anos, em função da grande comercialização que tivemos. Ele foi sucesso absoluto desde seu lançamento como genômico em nossa bateria. Com o tempo, foi provado e muito bem provado", comentou Marcello Mamedes, gerente de Produto Leite Europeu, acrescentando que no Brasil restam ainda poucas doses no estoque da ABS.

    Monterey se consagrou mundialmente ao conseguiu agregar em sua prova excelentes características de conformação, com bons critérios de saúde e produção, além de excepcional fertilidade de sêmen, tanto como convencional como no sexado demasiadamente utilizado na FIV. "Temos já alguns animais em lactação com fantástico Sistema Mamário e excelentes produções. Os criadores que usaram a genética uma vez sempre nos procuram novamente por estarem muito satisfeitos", afirma o gerente.

    Além disso, a genética Monterey também já conquistou vários prêmios nas pistas das exposições brasileiras. Suas filhas foram consagradas campeãs em competições das raças Girolando e Holandês. "Sua genética, com toda certeza, ainda ficará presente na bateria da ABS, através dos seus filhos como COTTON, PROPHECY e FIVESTAR (Holandês) e TIE-BRAKE, TOUCHDOW, FURLAN e PASTIM (Girolando), entre outros que estão a caminho de nossa Central", avisa Mamedes. Os interessados em adquirir material genético de Monterey devem procurar o representante ABS mais próximo. Restam poucas doses. 

    Data: 01/02/2018
  5. CRI Genética participa dos 30 anos do Show Rural Coopavel
    Fonte:Assessoria de Imprensa

    Feira será entre os dias 5 e 9 de fevereiro, em Cascavel (PR)

    A CRI Genética, uma das empresas líderes no segmento de inseminação artificial (IA) no Brasil, participa da edição comemorativa aos 30 anos do Show Rural Cooopavel. A feira, que pretende reunir mais de 250 mil pessoas em Cascavel (PR), será entre os dias 5 e 9 de fevereiro.

    O estande da CRI fica no pavilhão 3, onde a equipe estará atendendo os pecuaristas nos segmentos de leite e corte. “Devido a grande relevância da feira no cenário agropecuário, importante tanto para grandes como pequenos produtores, a presença da CRI é uma excelente oportunidade de prestigiar a região, trabalhar a marca e criar a oportunidade de mostrar o trabalho da empresa aos produtores locais, fechando bons negócios com condições exclusivas", ressalta o promotor técnico de leite, Ricardo Mancilha.

    Sobre a CRI

    A CRI Genética Brasil é uma das empresas líderes no segmento de inseminação artificial (IA) no Brasil, e atua com foco na venda de qualidade genética nas raças taurinas e zebuínas voltadas para a produção de leite e carne. Como subsidiária da Cooperative Resources International, segue a mesma filosofia da matriz americana: entregar excelência, inovação e valores por meio dos produtos e serviços oferecidos a seus clientes. Estabelecida no Brasil desde junho de 2005, a CRI traz para o país a genética dos melhores touros americanos - com destaque para as raças Holandês, Jersey e Angus - e segue a mesma linha na seleção das raças zebuínas, com foco na produção, na fertilidade e na busca de uma genética diferenciada. Sediada em São Carlos (SP), possui filiais nas cidades de Belo Horizonte (MG), Castro (PR), Goiânia (GO) e Porto Alegre (RS). 

    Mais informações: www.crigenetica.com.br

    Data: 01/02/2018
 
 

Contato

Endereço: Praça Vicentino Rodrigues da Cunha, 110 – Quadra 11 / Lote 4 - Parque Fernando Costa
Bairro São Benedito / Uberaba-MG
Telefone: (34) 3333-1403
E-mail: asbia@asbia.org.br
Momesso Web Studio