Selecione o mês: Maio / 2016

  1. Com recorde de animais participantes, foi dada a largada para o CP CRV Lagoa 2016
    Fonte:CRV Lagoa

    Primeira etapa da raça Senepol já está em andamento

    Foi dada a largada para o maior e mais completo teste de performance do Brasil. Começou a edição 2016 do Centro de Performance CRV Lagoa, em Sertãozinho (SP), com a entrada dos animais participantes da primeira etapa da raça Senepol.

    São 236 animais participantes, sendo 150 machos e 86 fêmeas, um recorde de participação da raça. Esses animais pertencem a 19 criadores de seis diferentes Estados.

    No dia 10 de maio, foi iniciado o período de adaptação desse primeiro lote da raça Senepol, com utilização do GrowSafe System, que fornecerá informações complementares aos índices de seleção.

    São avaliadas as seguintes características: peso, ganho médio diário, perímetro escrotal, qualidade de carcaça (avaliação por ultrassonografia) – AOL (Área de Olho de Lombo), EGS (Espessura de Gordura Subcutânea) e MARM (Marmoreio), avaliação por escores visuais (conformação, precocidade, musculosidade, umbigo e temperamento) e morfologia.

    A segunda etapa da raça Senepol, que será realizada no segundo semestre, deverá ter a participação de mais de 200 animais, que chegarão ao CP CRV Lagoa em julho. As demais raças serão recepcionadas entre 1º e 15 de junho.

    Sobre a CRV Lagoa

    Instalada em Sertãozinho, região nordeste do Estado de São Paulo, a empresa faz parte desde 1998 da CRV, cooperativa belgo-holandesa de melhoramento genético com 140 anos de história. Com sede na Holanda, a CRV está presente na África do Sul, Alemanha, Bélgica, Brasil, Espanha, Estados Unidos, Luxemburgo, Nova Zelândia e República Tcheca e conta com representantes em mais de 50 países.

    Maior central de genética bovina da América Latina, a CRV Lagoa oferece, desde 1971, sêmen convencional e sexado de touros nacionais e importados, programas de melhoramento genético para rebanhos de corte e leite como o PAINT e o Gestor Leite, além de serviços como o Centro de Performance, Ensino Avançado, Insemina Fácil, entre outros. Mais informações: www.crvlagoa.com.br

    Data: 25/05/2016
  2. Estudo com 61 mil animais mostra vantagens dos índices Vida Mais Saudável e Vida Mais Eficiente
    Fonte:CRV Lagoa

    Pesquisa da CRV foi realizada com animais de quase 300 fazendas da Holanda e da Bélgica

    Os índices Vida Mais Saudável e Vida Mais Eficiente, exclusivos da CRV, estão provando serem muito eficazes em melhorar, significativamente, os resultados técnicos dos rebanhos. A prova irrefutável foi fornecida após análise de 61 mil animais de quase 300 fazendas da Holanda e da Bélgica.

    A CRV introduziu os índices em 2013 como indicadores práticos destinados a ajudar os produtores a produzirem com maior eficiência e facilitar o gerenciamento dos rebanhos. Cada touro da CRV é marcado para tais características. A análise em grande escala, em situações práticas, revelou o enorme valor desses índices para fins de reprodução.

    O efeito do índice Vida Mais Eficiente é imenso. Por exemplo, para a produção vitalícia, para cada melhoria de 1% no índice de um touro, o resultado é um aumento de 1.500 kg na produção vitalícia.

    Uma comparação entre os 25% touros que mais pontuam no índice com os 25% que menos pontuam também mostra:

    - 13.086 kg a mais de produção vitalícia (com base em mais de 22 mil animais avaliados);

    - 2.047 kg a mais de produção de leite (305 dias);

    - 16% maior em média do rebanho;

    - 146 kg extras de gordura e proteína (305 dias).

    Já as pontuações mais elevadas para o índice Vida Mais Eficiente resultam em grandes diferenças, muito relevantes em aplicações práticas. Os 25% maiores pontuadores mostram um intervalo de parto maior (+15 dias), o que pode ser atribuído, principalmente, à produção de leite muito maior neste grupo. Os produtores, portanto, começam a inseminar um pouco mais tarde.

    Os efeitos benéficos também se aplicam ao índice Vida Mais Saudável nas áreas de saúde e fertilidade. Os 25% maiores pontuadores, em comparação com os 25% menores pontuadores, mostraram:

    - 39% menor incidência de mastite subclínica (em média, nas três primeiras lactações);

    - 23% menor incidência de transtornos nas patas (em média, nas três primeiras lactações);

    - 55% menor incidência de bezerros natimortos no primeiro parto;

    - 57% menor incidência de cetose (em média, nas três primeiras lactações);

    - 26 dias a menos de intervalo entre partos.

    Para analisar os dados, a CRV usou informações de quase 300 fazendas onde o desempenho das vacas pode ser ligado diretamente à predisposição genética, com base em análise genômica. Dessa forma, os índices mostram ser ferramentas extremamente adequadas e valiosas, que podem ser utilizadas ao selecionar touros para utilização no rebanho.

    Sobre a CRV Lagoa

    Instalada em Sertãozinho, região nordeste do Estado de São Paulo, a empresa faz parte desde 1998 da CRV, cooperativa belgo-holandesa de melhoramento genético com 140 anos de história. Com sede na Holanda, a CRV está presente na África do Sul, Alemanha, Bélgica, Brasil, Espanha, Estados Unidos, Luxemburgo, Nova Zelândia e República Tcheca e conta com representantes em mais de 50 países.

    Maior central de genética bovina da América Latina, a CRV Lagoa oferece, desde 1971, sêmen convencional e sexado de touros nacionais e importados, programas de melhoramento genético para rebanhos de corte e leite como o PAINT e o Gestor Leite, além de serviços como o Centro de Performance, Ensino Avançado, Insemina Fácil, entre outros. Mais informações: www.crvlagoa.com.br

    Data: 25/05/2016
  3. Nova sede da Central Bela Vista tem previsão de inauguração para março de 2017
    Fonte:Assessoria de Imprensa

    Fazenda Bela Vista II será uma das mais modernas centrais de coleta de sêmen da América Latina

    Estão em pleno andamento as obras das novas instalações da Central Bela Vista, maior empresa de coleta e processamento de sêmen do Brasil, localizada na famosa Cuesta de Botucatu (SP), com previsão de inauguração em março de 2017.

    A Central Bela Vista foi adquirida pelo grupo CRV em 2011 e, no ano seguinte, anunciou a aquisição da Fazenda Bela Vista II, próxima à atual sede, para abrigar as novas instalações da empresa.

    A Fazenda Bela Vista II conta com 130 hectares e também é beneficiada pelo clima, com altitude próxima de 1.000 metros, o que, em conjunto com o isolamento sanitário, são importantes diferenciais para a produção de sêmen congelado de bovinos e bubalinos das mais diversas raças de corte e leite.

    Assim, a nova sede da Central Bela Vista será uma das mais modernas centrais de coleta de sêmen da América Latina, estrategicamente localizada próxima à Rodovia Marechal Rondon. A fazenda contará com laboratório com equipamentos de última geração, banco de sêmen, curral de quarentena, centro de coleta e piquetes funcionais, sempre visando o bem-estar dos animais.

    Além de sistema de irrigação nos piquetes e drenagem pluvial, as estruturas contarão com ruas totalmente pavimentadas, facilitando a movimentação da misturadora e, consequentemente, oferecendo uma distribuição das dietas com melhor qualidade e específica para necessidade de cada reprodutor.

    A nova sede da empresa também dará atenção especial à sustentabilidade, desde a produção de alimentos para nutrição animal, passando pela industrialização das doses, até o armazenamento. Outro ponto importante é que as fazendas ao redor são de produção agrícola, o que favorece ainda mais a situação sanitária da sede.

    O gerente Operacional da Central Bela Vista, Gerson Sanches, explica que será possível hospedar até 500 reprodutores ao final das obras, de forma confortável e segura, a fim de garantir a produção de sêmen com elevado padrão de qualidade. A empresa conta com as certificações ISO 9001, de qualidade, e ISO 14001, pelo sistema de gestão ambiental que aplica em seus processos.

    Gerson ressalta que a Fazenda Bela Vista II oferecerá abrigos funcionais para alimentação, com proteção da chuva ou sol, instalações modernas para a área de coleta, além de um ambiente de trabalho agradável e seguro para os funcionários. “A partir de agora, com a aquisição de novos implementos, a própria fazenda produzirá alimentação de alto nível para os reprodutores, a fim de mantê-los em excelentes condições físicas para produzirem sêmen de ótima qualidade”, explica.

    “O objetivo é trabalharmos mantendo os mais elevados padrões de qualidade de sêmen para que o criador obtenha ótimos índices de prenhez ao usar esse produto em suas vacas e para que tenhamos também uma ótima gestão dos touros. Não há melhor lugar no Brasil para coletar sêmen de seu touro além da Central Bela Vista”, conclui.

    Sobre a Central Bela Vista

    A Central Bela Vista, localizada em Pardinho (SP), é a maior empresa de coleta e processamento de sêmen do Brasil, garantindo, há mais de 15 anos, uma produção de sêmen com excelência no Brasil e até mesmo além de nossas fronteiras.

    Focada em eficiência, a Central está constantemente buscando novas maneiras de melhorar e maximizar a qualidade e a quantidade de sua produção e a otimização dos serviços prestados, controlando detalhadamente os custos, para que os criadores percebam o máximo valor.

    Mais informações sobre a Central Bela Vista podem ser obtidas no site www.centralbelavista.com.br.

    Data: 24/05/2016
  4. Alta promove intercâmbio para pecuaristas brasileiros na Argentina
    Fonte:Alta Genetics

    Melhoramento genético e sistema de produção de carne foram os principais temas abordados

    A Alta realizou um Showcase na Argentina para os clientes brasileiros, na última semana. Participaram aproximadamente 50 pecuaristas da Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rondônia e São Paulo. O objetivo da companhia é mostrar a cultura de produção na Argentina por meio de experiências técnicas, trocas de ideias e tecnologias, além de apresentar a genética disponível da empresa no país.

    “É uma oportunidade para mostrarmos ao mercado a força e expressão que a genética argentina têm. Nós temos muito a aprender com eles que produzem uma carne de alta qualidade em um ambiente a pasto, e trabalha em um cenário de livre concorrência entre muitos frigoríficos”, explica Tiago Carrara, Gerente de Mercado da Alta.

    As raças trabalhadas durante o Showcase foram: Angus, Hereford, Red Angus, Brangus, Braford e Red Brangus. O evento começou em Buenos Aires, seguido de uma visita ao Mercado Liniers – maior centro de vendas de animais vivos para frigoríficos da América Latina – considerado o mais importante balizador de preços da carne no país. Os clientes puderam conferir em tempo real os arremates de diversas categorias. “Eles também ficaram impressionados com a livre concorrência que ocorre por lá, onde são cadastrados mais de 200 frigoríficos e abatedouros, o que não ocorre no Brasil”, afirma Carrara.

    Os visitantes também estiveram na fazenda Las Tres Cruces da raça Brangus, sendo uma das três principais desta raça na Argentina, e conheceram um pouco da cultura gaúcha na cidade de San Antonio de Areco rica em artesanatos com couro, prata e bronze.

    Também visitaram a Central da Alta Ciale em Capitan Sarmiento, com palestras sobre melhoramento genético, evolução genética, critérios de seleção adotados, mercado de carne no Brasil e sistema de cruzamento industrial como alternativa para otimizar ganhos. Para fechar, houve desfile de 40 touros das raças trabalhadas e visita a Cabanha Charles Del Guerrero, a responsável pela primeira importação da raça Angus para a Argentina.

    “O Brasil tem sido muito pressionado a abrir novos mercados para exportação de carne e estes mercados exigem melhor qualidade da carne. Ir para a Argentina buscar essas iniciativas é uma forma de vencermos estes desafios”, finaliza o Gerente de Mercado.

    A Alta promoverá mais um Showcase na terra dos hermanos previsto para o mês de junho, e outro para a Campanha Gaúcha, programado para agosto. 

    Sobre a Alta Genetics

    A Alta Genetics é líder no mercado de melhoramento genético bovino do mundo. Com matriz localizada em Calgary, no Canadá, atua em mais de 90 países com nove centrais de coleta: Brasil, Estados Unidos, Canadá, Argentina, Holanda e China. Com 20 anos de história no Brasil, a empresa está sediada na cidade de Uberaba/MG, e tem como missão orientar pecuaristas sobre a melhor maneira de usar a genética aliada ao manejo, nutrição, ambiente, gestão e todos os processos para garantir um animal com todo o seu potencial genético. O compromisso da Alta é criar valor, entregar o melhor resultado e construir confiança com seus clientes e parceiros, em busca do desenvolvimento da pecuária. Mais informações no website: http://www.altagenetics.com.br

    Data: 24/05/2016
  5. Alta promove intercâmbio para pecuaristas brasileiros na Argentina
    Fonte:Alta Genetics

    Melhoramento genético e sistema de produção de carne foram os principais temas abordados

    A Alta realizou um Showcase na Argentina para os clientes brasileiros, na última semana. Participaram aproximadamente 50 pecuaristas da Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rondônia e São Paulo. O objetivo da companhia é mostrar a cultura de produção na Argentina por meio de experiências técnicas, trocas de ideias e tecnologias, além de apresentar a genética disponível da empresa no país.

    “É uma oportunidade para mostrarmos ao mercado a força e expressão que a genética argentina têm. Nós temos muito a aprender com eles que produzem uma carne de alta qualidade em um ambiente a pasto, e trabalha em um cenário de livre concorrência entre muitos frigoríficos”, explica Tiago Carrara, Gerente de Mercado da Alta.

    As raças trabalhadas durante o Showcase foram: Angus, Hereford, Red Angus, Brangus, Braford e Red Brangus. O evento começou em Buenos Aires, seguido de uma visita ao Mercado Liniers – maior centro de vendas de animais vivos para frigoríficos da América Latina – considerado o mais importante balizador de preços da carne no país. Os clientes puderam conferir em tempo real os arremates de diversas categorias. “Eles também ficaram impressionados com a livre concorrência que ocorre por lá, onde são cadastrados mais de 200 frigoríficos e abatedouros, o que não ocorre no Brasil”, afirma Carrara.

    Os visitantes também estiveram na fazenda Las Tres Cruces da raça Brangus, sendo uma das três principais desta raça na Argentina, e conheceram um pouco da cultura gaúcha na cidade de San Antonio de Areco rica em artesanatos com couro, prata e bronze.

    Também visitaram a Central da Alta Ciale em Capitan Sarmiento, com palestras sobre melhoramento genético, evolução genética, critérios de seleção adotados, mercado de carne no Brasil e sistema de cruzamento industrial como alternativa para otimizar ganhos. Para fechar, houve desfile de 40 touros das raças trabalhadas e visita a Cabanha Charles Del Guerrero, a responsável pela primeira importação da raça Angus para a Argentina.

    “O Brasil tem sido muito pressionado a abrir novos mercados para exportação de carne e estes mercados exigem melhor qualidade da carne. Ir para a Argentina buscar essas iniciativas é uma forma de vencermos estes desafios”, finaliza o Gerente de Mercado.

    A Alta promoverá mais um Showcase na terra dos hermanos previsto para o mês de junho, e outro para a Campanha Gaúcha, programado para agosto. 

    Sobre a Alta Genetics

    A Alta Genetics é líder no mercado de melhoramento genético bovino do mundo. Com matriz localizada em Calgary, no Canadá, atua em mais de 90 países com nove centrais de coleta: Brasil, Estados Unidos, Canadá, Argentina, Holanda e China. Com 20 anos de história no Brasil, a empresa está sediada na cidade de Uberaba/MG, e tem como missão orientar pecuaristas sobre a melhor maneira de usar a genética aliada ao manejo, nutrição, ambiente, gestão e todos os processos para garantir um animal com todo o seu potencial genético. O compromisso da Alta é criar valor, entregar o melhor resultado e construir confiança com seus clientes e parceiros, em busca do desenvolvimento da pecuária. Mais informações no website: http://www.altagenetics.com.br

    Data: 24/05/2016
 
 

Contato

Endereço: Praça Vicentino Rodrigues da Cunha, 110 – Quadra 11 / Lote 4 - Parque Fernando Costa
Bairro São Benedito / Uberaba-MG
Telefone: (34) 3333-1403
E-mail: asbia@asbia.org.br
Momesso Web Studio