Legislação relacionada a produção, importação e comercialização de sêmem.

LEI 6.446 de 05 de outubro de 1977, que dispões sobre a inspeção e fiscalização obrigatória do sêmen destinado à inseminação artificial em animais domésticos. Acesse Aqui.
PORTARIA 07, de 20 de julho de 1987, que normatiza as disposições sobre exigências e critérios zoogenéticos a serem observados na admissão de reprodutores bovinos em centrais de inseminação. Acesse Aqui.
PORTARIA 1, de 28 de setembro de 1989, que Aprova as normas, em anexo sobre exigências e procedimentos para coleta de amostra de sêmen, e o modelo oficial do termo de coleta a ser utilizado pela inspeção e fiscalização de material destinado à inseminação artificial em animais domésticos. Acesse Aqui.
DECRETO 187, de 09 de agosto de 1991, que regulamenta a Lei 6.446. Acesse Aqui.
PORTARIA 549, de 28 de agosto de 1995, que reconhece o Banco de Dados de Inseminação Artificial e Transferência de Embriões, sob a gestão normativa do Departamento de Tecnologia e Produção Animal – DTPA, da Secretaria de Desenvolvimento Rural – SDR, como base de indicadores sobre o uso dessas biotecnologias na pecuária nacional. Acesse Aqui.
INSTRUÇÃO NORMATIVA 48, de 20 de junho de 2003, que regulamenta os requisitos sanitários mínimos para a produção e comercialização de sêmen bovino e bubalino no Brasil. Acesse Aqui.
 INSTRUÇÃO NORMATIVA 02, de 14 de janeiro de 2004, que aprova as normas que dispõem sobre a fiscalização da produção, do comércio de material genético de animais doméstico e da prestação de serviços na área reprodução animal. Acesse Aqui.
INSTRUÇÃO NORMATIVA 08, de 10 de março de 2006, que incorpora ao ordenamento juridico nacional os requisitos zoosanitários para intercâmbio entre os estados parte do Mercosul para sêmen bovino e bubalino. Acesse Aqui.
INSTRUÇÃO NORMATIVA 53, de 27 de setembro de 2006, que aprova o regulamento para registro e fiscalização de centro de coleta e processamento de sêmen bovino, bubalino, caprino e ovino. Acesse Aqui.
INSTRUÇÃO NORMATIVA 56, de 27 de setembro de 2006, que aprova o regulamento para registro e fiscalização de estabelecimento comercial de material de multiplicação animal nacional e importado. Acesse Aqui.
INSTRUÇÃO NORMATIVA 32, de 23 de agosto de 2007, que aprova o regulamento de produção e comércio de sêmen heterospérmico de ruminantes no Brasil. Acesse Aqui.
INSTRUÇÃO NORMATIVA 35, de 17 de setembro de 2007, que aprova o regulamento para registro e fiscalização de laboratórios de sexagem de sêmen animal. Acesse Aqui.