ABS Pecplan faz parceria

Os 1.100 sócios da Cooperativa dos Produtores de Leite do Vale do Rio Grande (Coopervale), na região dos cerrados de Minas Gerais, váo poder fazer os acasalamentos dirigidos de suas vacas, usando os touros que corrijam suas deficiências, graças a um convênio com a ABS Pecplan. Além da orientação nos acasalamentos, a central vai dar palestras sobre melhoramento genético e formar e reciclar os inseminadores nos 14 municípios em que atua a Coopervale. De acordo com o gerente comercial do segmento leite da central de inseminação, Márcio Nery, há touros com perfil para produzir fêmeas para vários sistemas de criação.

Na região de abrangência da cooperativa, por exemplo, o sistema é a pasto e a forragem predominante é a de brequiárias. Não é só: como a cooperativa está preocupada em melhorar a qualidade do leite na questão dos sólidos, a central, além do tipo, tem em sua bateria de touros, os reprodutores com DEP positivo para gordura e proteína.

Além do melhoramento, o presidente da Coopervale, Luís Gualberto Ribeiro Ferreira, diz qua a empresa, também, tem estimulado os produtores a melhorar a gestão de suas propriedades. Para isso, fez parceria com o Sebrae para implantar o Programa Educampo Leite.